Exportação: Conheça os melhores meios de transporte para realizar a internacionalização do seu produto

   O processo de exportação pode não ser fácil para quem nunca fez. Muitas vezes você pode se questionar “será que é minha hora de exportar?”. Afinal, é necessário escolher um país onde o produto vai ser bem recebido através de um estudo de mercado, além de entender os trâmites legais e burocráticos. O Brasil é sem dúvidas um país que está profundamente inserido no comércio internacional. As empresas brasileiras têm enxergado cada vez mais oportunidades de exportar seus produtos para os mais diversos mercados, de modo que em Abril de 2022 as exportações brasileiras ultrapassaram do valor de US$28,9 bilhões segundo a Secretaria de Comércio Exterior. 

  Dentro desses processos citados, é fundamental entender qual é o tipo de transporte ideal para o produto que você quer exportar levando em consideração o país escolhido, já que cada caso possui suas particularidades. Por isso, iremos apresentar abaixo os principais meios de transporte do comércio internacional e qual a indicação de cada um deles.

Quais são os principais meios de transporte para realizar a exportação?

Sabemos que entender quais são as principais vantagens e desvantagens de cada meio de transporte e escolher o ideal para o seu caso pode ser um desafio. São diversas as possibilidades, podendo escolher entre o transporte marítimo, transporte aéreo, transporte rodoviário e transporte ferroviário.

1) Transporte Marítimo:

william-william-NndKt2kF1L4-unsplash

A maior parte dos produtos exportados e importados no comércio global são transportados por meios de transporte marítimos. A saber, em 2021, a movimentação portuária no Brasil foi superior a 1 Bilhão de toneladas segundo a CNT, e se observa um crescimento anual desse tipo de transporte no país desde 2010. Esse tipo de transporte costuma:

  • Apresentar um custo baixo
  • Ser um dos mais seguros em relação à proteção da mercadoria

No entanto, é importante ter em mente que o transporte marítimo também possui algumas desvantagens. Nesse sentido, a entrega de mercadorias costuma ter um prazo mais longo, sendo necessário levar em consideração não apenas o tempo de deslocamento de um país até o outro, assim como o tempo necessário para realizar os trâmites legais. Esse processo inclui os: 

  • Dias necessários para realização do transporte interno do produto, isto é, locomoção da fábrica ou depósito em que a mercadoria se encontra até o porto; 
  • Dias necessários para o produto de fato embarcar em um navio cargueiro após chegar no porto;
  • Dias de viagem do país exportador para o importador; 
  • Dias de descarregamento e liberação da carga;
  • E, finalmente, dias para entrega final da carga.

Por isso, é fundamental que, caso opte por realizar uma exportação ou importação através do transporte marítimo, se planeje para a operação. Esse pode ser um processo demorado e não recomendado para casos de urgência, em que é necessário receber o produto rapidamente. Para situações em que não há necessidade do produto chegar rapidamente, é um modal de transporte com custos de muito menores e com ótimo custo-benefício para exportação e importação de grandes cargas.

2) Transporte Aéreo

O transporte aéreo de mercadorias costuma ser muito atrelado à rapidez. De fato, o processo de exportação por meio de aviões de carga costuma apresentar um tempo de entrega muito inferior aos demais meios de transporte. Durante a pandemia de COVID-19, por exemplo, essa agilidade do modal foi vista pela facilidade em transportar vacinas de um país para o outro, dada a urgência que as nações apresentavam em recebê-las e por serem um produto delicado de transportar, sendo necessária a permanência em temperaturas específicas. Dentre as vantagens, podemos citar:

  • Entrega de mercadorias em menor tempo
  • Por ser uma entrega mais rápida, é benéfico para o transporte de produtos altamente perecíveis, com validade curta ou com especificidades de armazenamento

Portanto, esse tipo de transporte é ideal para cargas que precisam ser entregues com urgência. Embora apresente uma série de vantagens, o transporte aéreo costuma: 

  • Apresentar custos mais elevados de transporte;
  • Não ser logisticamente capaz de transportar grandes volumes de carga;

3) Transporte Rodoviário

O transporte rodoviário pode ser utilizado para realizar a internacionalização de um produto, ou seja, levá-lo de um país para outro – caso esses países dividam uma fronteira terrestre -, ou como um meio de transporte intermediário, levando a mercadoria até um porto ou aeroporto para que seja feita a exportação. Entre suas vantagens temos: 

  • Facilidade com relação à burocracia e documentação
  • O Brasil conta com uma infraestrutura rodoviária que facilita a locomoção de mercadorias por esse meio de transporte

Desvantagens:

  • Está mais suscetível a problemas de segurança como roubos e furtos 
  • Não consegue transportar grandes cargas
  • Não percorre grandes distância

4) Transporte Ferroviário

Assim como o transporte rodoviário, o ferroviário pode ser utilizado para realizar a exportação de mercadorias para países fronteiriços que possuem uma malha ferroviária os conectando. Dentre suas vantagens:

  • É um meio de transporte com custos baixos
  • Baixo risco de roubos de mercadorias e de acidentes
  • Suporta cargas elevadas

É interessante pensar no modal ferroviário como um complemento aos demais meios de transporte. Por exemplo, é possível pensar em realizar a exportação de produtos do Brasil para a Europa através de transporte marítimo, e, chegando ao continente, utilizar o transporte ferroviário para levar a carga aos demais países. Nesse sentido, o transporte ferroviário tem sido utilizado na Europa não apenas para realizar a troca de mercadorias entre os países do continente, mas também para a China, localizada na Ásia, o que pode ser visto como uma inclinação de muitos países para investir nesse meio de transporte. Contudo, é necessário apontar que o transporte ferroviário também possui desvantagens:

  • Baixa flexibilidade nas rotas;
  • Dependência de outros modais;

Como a Argos pode te ajudar no processo de exportação?

Depois de te ajudar a entender todos os meios de transporte utilizados no comércio internacional, queremos ir além. A Argos entende que o processo de internacionalização da sua empresa pode ser repleto de desafios, e nosso objetivo é te ajudar a tornar a experiência de exportação do seu produto a mais fácil e prática possível. Sabemos que exportar uma mercadoria requer muitas etapas, por isso oferecemos serviços de Estudo de Mercado, Diagnóstico Administrativo e Estudo Comercial, além de Pesquisa de Fornecedores Nacionais e Internacionais para dar todo o suporte necessário nessa operação.

A Argos Consultoria Internacional é uma empresa Júnior com mais de 10 anos de mercado que já auxiliou dezenas de empresas a desenvolver e expandir seu negócio. Buscamos dar suporte a micro, pequenas e médias empresas que buscam se inserir no mercado internacional. Vem saber mais clicando aqui, iremos fazer um diagnóstico gratuito e exclusivo para você!

Quem escreveu:

Laís Couto

Consultora de Administrativo-Financeiro

Siga-nos nas redes sociais!

Tags: , , , , , , , , ,

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

2 − 1 =

Enviar mensagem
Faça seu diagnóstico grátis via Whatsapp
Argos Consultoria Internacional
Olá!
Faça seu diagnóstico gratuito via Whatsapp com um de nossos consultores clicando no botão abaixo.