Importância da Gestão Humanizada no mundo corporativo

gestão humanizada nas empresas

É um fato que os colaboradores são essenciais para uma empresa e sua retenção e engajamento tem se tornado cada vez mais difíceis. Por isso, o setor de RH vem ganhando cada vez mais atenção ao buscar estratégias que os motivem. Dessa forma, uma importante tendência atual é a gestão humanizada no ambiente corporativo.

Nesse artigo, explicaremos como a adoção da humanização pode afetar positivamente o desempenho dos colaboradores da sua empresa e consequentemente, sua produtividade.

O que é gestão humanizada?

No contexto do ambiente de trabalho, é necessário saber valorizar as diferenças entre funcionários e visualizá-los como partes integrantes da empresa de grande importância. Assim, desfazendo-se da visualização deles como “máquinas” e os compreendendo enquanto indivíduos.

Com o propósito de promover essa perspectiva, a gestão humanizada busca colocar em foco o desenvolvimento da sua equipe, considerando a história individual e as particularidades de cada colaborador. Para isso, essa forma de gestão tem como fundamentos:

      • A adoção de uma administração mais flexível e aberta a mudanças;
      • O fomento de relacionamentos respeitosos entre o time, buscando uma comunicação eficaz entre todos;
      • A análise dos funcionários como pessoas individuais.

Com esses princípios em mente, a gestão humanizada irá construir um ambiente de trabalho que satisfaça seus funcionários, aumentando sua produtividade.

TORNE-SE COMPETITIVO NO MERCADO!

Entenda quais são as novas tendências globais e descubra como adaptar-se para sair na frente do seu concorrente com o nosso E-BOOK gratuito.

Clique aqui para saber mais!

Quais são suas vantagens?

Contribuindo para a produtividade dos colaboradores e, consequentemente, para a lucratividade da sua empresa, a gestão humanizada tem sido adotada por diferentes grandes organizações. Isso porque, além da grande vantagem de ser positiva financeiramente para elas, essa forma de gestão também traz diversos outros benefícios.

1- Retenção e atração de talentos

Em um ambiente de trabalho mais flexível e empático, as pessoas se sentem, inegavelmente, mais confortáveis e satisfeitas. Assim, a probabilidade de que desejem procurar outro emprego se torna cada vez menor, possibilitando a permanência dos funcionários por mais tempo. Dessa maneira, a taxa de turnover, a qual mede a rotatividade de funcionários de uma empresa e é um importante indicador de possíveis problemas internos, é positivamente impactada. Portanto, assegura-se a fidelidade dos colaboradores.

Ademais, a gestão humanizada também contribui para a atração de mais pessoas qualificadas. Isso ocorre porque os indivíduos já contratados pela empresa sentirão cada vez mais senso de pertencimento nela e ajudarão a passar uma boa imagem. Assim, com uma reputação de funcionários satisfeitos, mais pessoas ficarão interessadas em fazer parte da equipe.

2- Melhoria do clima organizacional

O clima organizacional indica o contentamento dos membros com sua empresa em todos os seus aspectos e deve estar sempre sendo avaliado dada sua importância. Como a gestão humanizada dá um maior foco à necessidade dos seus funcionários, ela ajuda a melhorar a percepção dos seus membros de sua empresa. Desse modo, ela afeta positivamente tanto o clima quanto a cultura organizacional, as quais são importantes também no controle do turnover.

3- Aumento do engajamento

A gestão humanizada também afeta positivamente o engajamento dos funcionários. Por conta da melhoria no ambiente de trabalho e do bom relacionamento com seus superiores, os colaboradores tendem a se sentir mais valorizados. Portanto, incentiva-se um maior envolvimento da equipe em seus respectivos cargos e atividades, buscando não somente o sucesso individual, mas também de sua empresa.

gestão humanizada prática diálogo

Como colocar em prática na sua empresa?

Agora que você já sabe os benefícios que a humanização no ambiente corporativo traz, entenda o que é preciso fazer para aplicá-la e, assim, incluir sua empresa nessa importante tendência.

Inicialmente, é imprescindível que a mudança parta dos líderes, com o entendimento de como lidar com os colaboradores da melhor forma possível. É necessário que os gestores busquem cultivar um bom relacionamento com os outros membros, dando espaço para que eles expressem seus descontentamentos. Dessa forma, deve-se buscar a melhor maneira de resolver as queixas relatadas e melhorar o ambiente de trabalho para todos, fortalecendo continuamente esse laço.

Além disso, também pode-se investir em medidas diferentes que descontraiam o ambiente de trabalho. Como a Microsoft  fez com um fim de semana maior,  o SAS Institute com o oferecimento de diversos benefícios para seus funcionários e a Google .

Com toda certeza, será necessário um esforço contínuo do gestor atual e dos próximos para que se atinja e mantenha um ambiente de trabalho confortável e produtivo. É preciso ressaltar que essa mudança não é aplicada rapidamente, necessitando a mudança gradual de comportamentos dentro da organização.

Ademais, é importante buscar a transmissão de aprendizado para os próximos gestores. Ou seja, procurar instaurar essa cultura de humanização para que os próximos líderes também a propaguem com sua equipe. Trata-se não apenas de centralizar os indivíduos como pilares da gestão corporativa, mas também responsabilizar-se como líder para promover a empatia e a inteligência emocional.

Como resultado, essas mudanças podem ter impactos positivos também no quesito do relacionamento com o cliente. Isso ocorre, pois um bom clima organizacional, possibilitado pela gestão humanizada, tem relação com a satisfação final do cliente com a sua empresa. A humanização pode se tornar a peça chave para fidelizar mais clientes. Isso ocorre ao se considerar que o consumidor terá contato direto com os funcionários no processo de atendimento. De fato, a percepção que esse colaborador tem do seu trabalho irá influenciar o processo de compra, ao afetar diretamente como ele irá se comportar. Um funcionário infeliz com seu cargo e relacionamento com superiores não irá buscar realizar com afinco todas as suas tarefas. O contrário acontece quando ele está engajado com sua empresa e tem em mente o sucesso geral ao efetuar seu trabalho.

Tais transformações são bem vistas exteriormente, podendo consolidar sua marca como exemplo no tratamento com funcionários e, consequentemente, consumidores.

Notadamente, grandes organizações já praticam a gestão humanizada ao observar seus benefícios para a satisfação dos seus membros, tornando-se extremamente positivo financeiramente. Cada vez mais, isso tem se tornado uma vantagem competitiva entre empresas.

 

Nós da Argos já adotamos a gestão humanizada também, e você? Conta para a gente nos comentários!

Quem escreveu:

Gabriela Cunha

Consultora de Gestão de Pessoas

Siga-nos nas redes sociais!

Tags: ,

Um comentário

  1. Marina Breder disse:

    Artigo ótimo e super interessante!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *